INTENÇÕES DE MISSA

As ofertas para Missas é uma prática que remonta aos primórdios da Igreja, quando os fiéis traziam pão e vinho para as Missas e outras oferendas para apoiar os padres e pobres. Hoje em dia, uma oferta de Missa na forma de dinheiro, chamada de “estipêndio de Missa”, é uma maneira de os fiéis incluírem uma intenção particular na celebração da Santa Eucaristia. Esta oferenda é a expressão da união estreita do doador com a vida e a missão da Igreja – o Corpo de Cristo – visto a oferenda se converter numa espécie de apoio material aos ministros da Igreja e as suas atividades pastorais.

A Santa Missa nunca pode ser uma ocasião para se realizar ‘compras e vendas’ ou ‘ganhar dinheiro’, nem deve haver a menor suspeita de que se geram lucros com as oferendas de Missa. A Santa Missa é de valor inestimável, é o sacrifício de Cristo pela vida do mundo e, por conseguinte, a Missa é “impagável”. A oferta dada para a celebração de uma Missa é a expressão do desejo do doador de partilhar mais intimidade nos frutos da Missa. A oferenda material consiste não só um contributo para o sustento do padre, como também exprime o desejo do doador de se oferecer a si mesmo a Deus.

Na maior parte dos países no mundo, os sacerdotes não recebem qualquer ou apenas pouco apoio financeiro regular. A situação económica não permite aos fiéis prestarem apoio financeiro aos seus padres. Por isso, a AIS pretende proporcionar, através das ofertas de Missa, uma ajuda básica à existência dos padres no mundo para lhes permitir se dedicarem ao serviço pastoral.

O pedido de “estipêndios de Missa” pode ser apresentado à AIS apenas pelo ordinário local (bispo diocesana ou superior religioso) em nome dos sacerdotes sob a sua jurisdição direta. A AIS não aceita pedidos de “estipêndios de Missa” apresentados por sacerdotes individuais. De preferência, o pedido de “estipêndio de Missa” será apresentado apenas uma vez por ano. Sendo o pedido aprovado, o ordinário obriga-se, de acordo com n.º 948 do CIC, a garantir que, para cada oferta de Missa recebida, seja celebrada uma Missa separada a favor da intenção individual do doador (ad intentionem dantis). Não é permitido combinar várias ofertas de Missa recebidas da AIS e de cumpri-las com uma única Missa, celebrada de acordo com o que se chama intenção “coletiva”. Nos termos do n.º 953 do CIC, as ofertas de Missa serão celebradas dentro de um período de um ano.

Check A seguinte informação deverá ser fornecida no pedido de “estipêndios de Missa”:

  • Justificação da necessidade dos “estipêndios de Missa”) (Note, por favor, que os nossos estipêndios de Missa não deverão substituir os dos fiéis locais ou reduzir os esforços para encorajar os fiéis locais a apoiarem o seu próprio clero através desta prática antiga da Igreja.)
  • O número e nomes dos sacerdotes que necessitam os “estipêndios de Missa” e o número de “estipêndios de Miss” necessários
  • Dados bancários. (Pode usar o nosso Formulário de candidatura básica para esta finalidade).
PARA CONHECER MELHOR A FUNDAÇÃO Aid to the Church in Need, VISITE http://www.churchinneed.org
logoacnwhy2

SOBRE NÓS

Fundada em 1947 como uma organização de auxílio católico para refugiados de guerra e reconhecida como uma fundação pontifícia desde 2011, a Fundação ACN dedica a sua atenção ao auxílio de cristãos em todo o mundo, através de informação, oração e acção, onde quer que eles se encontrem perseguidos ou em necessidade. A Fundação ACN apoia todos os anos cerca de 6.000 projetos em quase 150 países, graças as doações privadas dos seus benfeitores, já que não recebe nenhum financiamento público.