A ACN ajuda cristãos no mundo inteiro.

As origens da ACN ao tempo após a Segunda Guerra Mundial. Nessa época, a Europa estava arruinada e havia milhões de pessoas expatriadas, em fuga, a maioria sem abrigo e atormentadas pela fome – contavam-se entre elas sobretudo os expatriados da Alemanha do Leste.

As origens da ACN ao tempo após a Segunda Guerra Mundial. Nessa época, a Europa estava arruinada e havia milhões de pessoas expatriadas, em fuga, a maioria sem abrigo e atormentadas pela fome – contavam-se entre elas sobretudo os expatriados da Alemanha do Leste.

Pensem nos jovens que dedicam a vida a Deus para O servir e aos mais pequeninos.

Padre Werenfried van Straaten, fundador of Aid to the Church in Need

A sua Obra de auxílio organizou a distribuição de alimentos e vestuário para milhões de refugiados da Alemanha do Leste e manteve-se a seu lado nesse tempo difícil, prestando-lhes assistência espiritual. Uma tarefa quase impossível, sobretudo se pensarmos que, na Bélgica e na Holanda, o Padre Werenfried pedia donativos entre as vítimas da ocupação alemã.

Em apelos apaixonados, pregava o amor ao próximo e a reconciliação, acabando por conseguir desencadear uma onda de disponibilidade para ajudar. A maioria não tinha dinheiro, pelo que doavam alimentos, entre eles toucinho. A partir daí, o Padre Werenfried passou a ser conhecido pelo nome de “padre toucinho!”

Amor ao próximo como fé vivida concretamente.

Sob a direção do Padre Werenfried, a ACN conseguia organizar cada vez mais projetos de ajuda originais. Por exemplo, foram enviados padres de mochila em motos e em fuscas para províncias remotas e caminhões-capela que serviam de igrejas móveis para os deslocados.

» O espírito de equipe entre colaboradores e voluntários é simplesmente maravilhoso e torna o nosso trabalho ainda mais valioso. «

Mervyn Maciel, Reino Unido, colaboradora honorária

Quando, na década de 50, se instalou a guerra fria, esta Obra de auxílio iniciou o seu compromisso incomparável com a Igreja Católica, perseguida nos países detrás da cortina de ferro. Na década de 60, os programas de auxílio também foram estendidos para a África, Ásia e América Latina.

Sob a direção do Padre Werenfried, a ACN conseguia organizar cada vez mais projetos de ajuda originais. Por exemplo, foram enviados padres de mochila em motos e em fuscas para províncias remotas e caminhões-capela que serviam de igrejas móveis para os deslocados.

Quando, na década de 50, se instalou a guerra fria, esta Obra de auxílio iniciou o seu compromisso incomparável com a Igreja Católica, perseguida nos países detrás da cortina de ferro. Na década de 60, os programas de auxílio também foram estendidos para a África, Ásia e América Latina.

Graças a centenas de milhares de benfeitores, que fazem donativos para a ACN, temos atualmente a nível mundial um valor anual de donativos superior a 106 milhões de euros. Uma história de sucesso que, mais uma vez, prova como o amor prático ao próximo cresce da fé vivida.

Uma Fundação Pontifícia com alcance mundial

Na sequência da nossa inclusão sob a égide do Vaticano, o nosso secretariado-geral na Alemanha e os nossos 23 escritórios nacionais, conseguimos construir uma ponte única entre os benfeitores e a Igreja que sofre.

A nossa história