» Amor ao próximo com eficiência e transparência«

Existem numerosas Obras de auxílio que se dedicam a apoiar aqueles que sofrem. O que distingue a ACN dessas organizações? Somos a única organização católica internacional que se concentra no apoio pastoral e espiritual de cristãos perseguidos e sofredores.

Seguindo a nossa inclusão sob a égide do Vaticano, o nosso secretariado-geral na Alemanha e os nossos 23 departamentos nacionais, conseguimos construir uma rede única entre os benfeitores e a Igreja que sofre.

Analisamos anualmente mais de 5.700 pedidos de auxílio para projetos em 138 países.

Graças à sua organização global, a ACN consegue identificar rapidamente as necessidades e reagir de imediato a projetos de auxílio. Isto é possível devido a um enquadramento eficiente que reduz a um mínimo a burocracia para o exame minucioso e a aprovação de projetos destinados aos nossos parceiros de projeto.

O nosso secretariado-geral central apoia a angariação de fundos dos departamentos nacionais e examina anualmente cerca de 5.700 pedidos de ajuda provenientes de todo o mundo, que são verificados e aprovados ou também recusados pelos órgãos de decisão. Através da nossa central, mantemonos em contato com parceiros de projetos em 138 países e cuidamos da aplicação adequada dos donativos.Através dos nossos departamentos nacionais, mantemonos em estreito contato com os nossos benfeitores. Os nossos secretariados, graças ao seu trabalho de relações públicas, garantem uma elevada transparência quanto ao destino dos donativos e a utilização dos fundos no local, além de servirem de ponte entre parceiros de projetos e benfeitores.

Além disso, submetemonos ao exame anual das nossas receitas e gastos através de auditores, pois a confiança dos nossos benfeitores é a base do nosso êxito.

Estruturas organizacionais claras entre nossa central, nossos escritórios nacionais em todo o mundo e nossos parceiros de projetos garantem que o processo do pedido de um projeto, incluindo a avaliação de necessidades, a aprovação e a disponibilização de recursos de ajuda, possa ser feito de forma consciente e eficiente. Assim, geralmente se passam somente três meses entre a chegada de um pedido de ajuda e nossa decisão sobre sua aprovação ou recusa.

Estou sempre a agradecer ao Senhor pela ajuda. Sem a ACN, seria difícil continuarmos o nosso trabalho.

Nesse processo, temos a obrigação moral de canalizar as doações que recebemos com o maior cuidado. Afinal, temos a missão de promover a comunidade eclesiástica e espiritual entre as pessoas que sofrem por sua fé em Jesus Cristo e aquelas que têm um coração cheio de compaixão e generosidade. E continuaremos seguindo esse credo no futuro. Nosso infográfico dá uma visão geral sobre como o ciclo de doações funciona na ACN.

Ciclo de doações

Há mais de 70 anos, a ACN ajuda a Igreja que sofre e cristãos discrimi-nados e perseguidos em todo o mundo. Desde o início, somos guiados por valores como profissionalismo, transparência, eficácia e eficiência. Defendemos esses valores sem ressalvas, no passado e hoje, para que as doações dos nossos benfeitores tenham o melhor impacto onde são mais necessitadas: no local da Igreja necessitada.

Estruturas organizacionais claras entre nossa central, nossos escritórios nacionais em todo o mundo e nossos parceiros de projetos garantem que o processo do pedido de um projeto, incluindo a avaliação de necessidades, a aprovação e a disponibilização de recursos de ajuda, possa ser feito de forma consciente e eficiente. Assim, geralmente se passam somente três meses entre a chegada de um pedido de ajuda e nossa decisão sobre sua aprovação ou recusa.

Temos o dever moral de ser responsáveis com as doações.

Nesse processo, temos a obrigação moral de canalizar as doações que recebemos com o maior cuidado. Afinal, temos a missão de promover a comunidade eclesiástica e espiritual entre as pessoas que sofrem por sua fé em Jesus Cristo e aquelas que têm um coração cheio de compaixão e generosidade. E continuaremos seguindo esse credo no futuro. Nosso infográfico dá uma visão geral sobre como o ciclo de doações funciona na ACN.

1. A necessidade por uma ajuda

A necessidade por uma ajuda de projeto surge em um local onde a Igreja sofre com pobreza ou perseguição. A diocese ou comunidade repassa o projeto à Sede Administrativa da ACN (Aid to the Church in Need) em Königstein, Alemanha com recomendação do bispo local ou do superior.

2. O projeto 

O responsável por projetos da região analisa o projeto. Se necessário, ele pede mais informações. Em no máximo três meses, a Central da ACN confirma se o projeto foi aprovado ou não.

3.Os escritórios nacionais 

A Central da ACN informa os escri-tórios nacionais sobre projetos para aquisição de doações e financiamento por meio de benfeitores no local.

4.O apoio ao projeto  

Os escritórios organizam medidas de informação e esclarecimento para que os doadores apoiem os projetos.

5.Os benfeitores

Os benfeitores se sentem tocados a colaborar e fazem doações.

6.As doações  

Os escritórios nacionais da ACN transferem os valores doados à Sede administrativa da ACN.

7.O financiamento

A ACN toma decisões sobre projetos e seu financiamento e acompanha e monitora sua realização.

No prazo de um a seis meses após a aprovação do projeto, a ACN assume os custos pelo projeto aprovado. Em casos de emergência, a Central da ACN disponibiliza os recursos imediatamente.

É assim que as doações se tornam ajuda concreta para cristãos passando dificuldades.