Menu
Menu

Refugiados na Europa ocidental em 2018

A maioria dos refugiados que encontraram asilo nos países da Europa ocidental são marcados pela perseguição, discriminação e violência. Muitas vezes, um teto sobre a cabeça e apoio material não são suficientes para devolver-lhes a vontade de viver e o otimismo; muitos buscam também um novo lar espiritual. Por isso, a ACN intensificou sua ajuda para o acompanhamento pastoral de refugiados cristãos. Ajudamos a Igreja em seu empenho pastoral para que os refugiados se sintam em casa em seu novo lar também em relação à sua fé, que compõe uma parte fundamental de sua identidade.

» Muitos refugiados carecem de um lar espiritual. «

A ACN não ajuda a igreja da Europa ocidental só no acompanhamento pastoral. Nós também damos auxílio para conventos contemplativos e para a formação de padres, assim como para a mídia, congressos e eventos católicos que fortalecem a fé e fomentam valores cristãos na sociedade. Também apoiamos projetos em novas comunidades espirituais, que são atraentes principalmente para fiéis jovens e frequentemente contribuem para trazer novos ânimos às paróquias.

Iraqi refugee children reading the children’s Bible in the Chaldean Catholic community in Essen/Germany. The community was provided with 300 Arabic Bibles.
Crianças refugiadas iraquianas lendo uma bíblia infantil na comunidade católica caldeia de Essen. 300 bíblias em árabe foram disponibilizadas para a comunidade.

Vários pedidos de fomento da Europa ocidental se referem a iniciativas de nova evangelização. Afinal, a queda no número de fiéis e de vocações religiosas e presbiterais, o envelhecimento populacional, o declínio do conhecimento da fé e o questionamento das raízes cristãs da Europa estão esvaziando aos poucos a igreja, tanto em termos de pessoas quanto de estruturas. Assim como ocorre no acompanhamento pastoral de refugiados, a aquisição de bíblias e literatura religiosa tem um papel decisivo na nova evangelização. A ACN ajuda a Igreja a obter a literatura necessária nas respectivas línguas maternas.