Menu
Menu

Chile em 2019

Projetos solicitados em 2019
J
46
Project
applications
K
21
Funded
projects
Projetos financiados em 2019
Head of Section

No Chile, a Igreja Católica sofreu uma grande perda de confiança após numerosos escândalos com abusos nos últimos anos. Embora, segundo dados oficiais, dois terços dos 17,9 milhões de hilenos ainda sejam católicos, de acordo com pesquisas, a proporção de católicos é de apenas 45%. Apesar da crise de confiança, muitos fiéis ainda estão muito engajados na vida eclesiástica. A ACN apoia a construção de capelas e a formação geral e continuada de sacerdotes no Chile, além de lhes dar subsídios para missas. Também são disponibilizados materiais de catecismo e edições do YOUCAT e do DOCAT.

No final de 2019, após um aumento no preço do transporte público local, surgiram no Chile protestos contra a desigualdade social no país, que acabaram tendo violência excessiva. A Igreja Católica também foi alvo do ressentimento e do ódio de alguns grupos de manifestantes. Assim, entre meados de outubro e o final de 2019, cerca de 40 locais de culto foram vítimas de vandalismo e incêndios.

Entre meados de outubro e o final de 2019, cerca de 40 locais de culto foram vítimas de vandalismo e incêndios.
Entre meados de outubro e o final de 2019, cerca de 40 locais de culto foram vítimas de vandalismo e incêndios.

A ACN também foi afetada por um grave ataque à Igreja da Assunção, na capital Santiago, em 8 de novembro. Afinal, o pároco, Pedro Narbona, também é o assistente eclesiástico do escritório nacional chileno da nossa fundação.

Estamos muito preocupados com a violência atual que também é dirigida contra a Igreja.

Maria Covarrubias, presidente da ACN Chile

A igreja foi atacada por pessoas mascaradas; bancos e imagens de santos foram jogados na rua, destruídos e incendiados, e as paredes foram manchadas com grafite ofensivo. A Igreja Católica no Chile fez um apelo público pela paz e reconciliação no país.