Menu
Menu

Nigéria em 2018

Número de projetos 2018
J
132
Project
applications
K
94
Funded
projects
Tipo dos projetos 2018
Responsável pelo projeto

Com 190 milhões de habitantes, a Nigéria é de longe o país mais populoso da África. Enquanto a maior parte da população no sul desse país no oeste da África é cristã, no norte a maioria é muçulmana. É nessa região que atua o conhecido grupo terrorista Boko Haram, cujos ataques são em sua maioria contra cristãos. A ACN apoia a igreja nigeriana neste período difícil com vários projetos de auxílio.

Como ficamos sabendo pelos bispos locais, os cristãos não estão ameaçados só no norte pelo terrorismo do Boko Haram; os pastores muçulmanos Fulani, fortemente armados, são ainda mais brutais contra cristãos no cinturão central da Nigéria. Mas apesar de toda a violência e ameaças, os cristãos não abandonam sua fé, e continua havendo muitas vocações religiosas e presbiterais. Mas a Igreja da Nigéria depende muito de ajuda, não só para cumprir sua missão pastoral, mas também para consolar pessoas de luto e traumatizadas e reconstruir infraestruturas eclesiásticas destruídas.

» Não perdemos a esperança, mas precisamos de ajuda. «

A ACN ajuda a Igreja local principalmente na formação de seminaristas e ajuda padres necessitados com subvenções para missas. Além disso, também ajudamos no financiamento de veículos e na construção e reconstrução de instalações eclesiásticas.

Leah não queria negar sua fé

No começo de 2018, 100 alunas escolares foram sequestradas pela milícia terrorista Boko Haram em Dapchi, no nordeste da Nigéria. Entre elas estava Leah, de 15 anos. As garotas muçulmanas foram libertadas pelos terroristas. Leah, no entanto, precisou permanecer em cativeiro. Para sua soltura, os sequestradores exigiram que a jovem cristã se convertesse para o Islã. Mas Leah se recusou a fazer isso. Seu destino é incerto até hoje.