Menu
Menu

Líbia em 2016

Number of projects in 2018
J
0
Project
applications
K
0
Funded
projects
Type of projects in 2018
Head of Section

Desde a queda do regime Kadhafi no ano 2011, a Líbia caiu num estado caótico de guerra civil. O país está dividido em diversos grupos que reivindicam o poder para si. Além disso, a Líbia é um corredor para o tráfico de pessoas e armas e um bastião do ISIS. Situações de prepotência como a decapitação de 30 cristãos ortodoxos coptas pelo ISIS chocaram no ano de 2015 o mundo inteiro.

A Igreja cristã constitui na Líbia apenas 2,7% de toda a população. Diante desta situação política, também a Igreja Católica luta atualmente por uma causa perdida. Assim, algumas comunidades esperam até dois anos por uma celebração eucarística. Neste momento existe apenas um bispo na Líbia, D. George Bugeja.

Ele lamenta a difícil situação política e a situação catastrófica da Igreja ao nível do pessoal. Com o nosso apoio, o Bispo Bugeja concentra as suas forças atualmente na ajuda de emergência aos muitos africanos que, na sua fuga para a Europa e após a travessia do perigoso deserto, chegam à cidade de Sebha.