As nossas áreas de atuação

A ACN recebe anualmente cerca de 7.100 pedidos para projetos de ajuda provenientes de quase 140 países. Nas páginas seguintes apresentamos uma panorâmica sobre as nossas prioridades regionais no ano de 2019. O nosso especial empenho incidiu sobretudo no Oriente Médio e África, onde o sofrimento dos cristãos é especialmente profundo, devido à violência do Islã fundamentalista ou devido à pobreza.

Novas tendências se delineiam na África. Na Nigéria já estamos lidando hoje com uma Igreja de mártires. Na região do Sahel em geral, muitos missionários e catequistas pagam sua dedicação por Cristo com a própria vida. Apesar da perseguição e da opressão, sobretudo por parte do terror islâmico, a Igreja na África cresce mais rapidamente do que em qualquer outro lugar. É uma Igreja jovem. Só na Nigéria, Camarões e Burkina Faso, foram ajudados muitos pequenos projetos com um total de três milhões de euros. Também a República Democrática do Congo é um país relevante para a nossa ajuda na África, com 3,3 milhões de euros.

Nossas medidas de ajuda começam com o diálogo intenso com as igrejas locais

A Venezuela está evoluindo para ser um ponto focal de ajuda. Diferentemente do Brasil, onde sobretudo as seitas dificultam a vida para a Igreja, aquele país potencialmente rico sofre pelas suas condições políticas e pela falta de estrutura sanitária. Para muitos, a Igreja é o único ponto de apoio. A situação é semelhante no Paquistão e na Índia, onde o fanatismo religioso de muçulmanos e de hindus ameaça os cristãos.